Design Gráfico ou Design Industrial?


07 Jun
07Jun

A Figura do Designer Raymond Loewy é essencial nas formas e estilos modernos no século 20

O meu fascínio pele Design vem da minha infância quando nas lojas de disco ou até na vitrola de casa ficava fascinado com as etiquetas ("labels") dos discos que giravam, quado giravam, num prato metálico sobre o qual estava um tapete circular de feltro e cor vinho. Ao girar o disco e antes cantar o título impresso, a minha imaginação acompanhava em associações de som e image em ritmos circulares em 45/33 ou 78 rotações por minuto. Em tal velocidade, as informações e imagens impressas girando em círculos passava a criar uma nova estética áudio visual. Os efeitos sensoriais não paravam na interpretação eletro-mecânica em obra, mas também num ritual quase religioso.

A Fotografia nas capas de discos se estabelece como arte desde meados dos anos 1960


 As edições modernas seguem as características da comunicação visual original da gravadora


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.